APOIO US

Recursos e apoio nos EUA

Iniciar um negócio nos EUA requer conhecimentos diversos, e pode ser útil contratar provedores especializados no assunto.  Desde 1986 (quando René começou a auxiliar negócios de brasileiros nos EUA), a quantidade e variedade de consultorias aumentou muito - e é mais difícil escolher as que são competentes e éticas.

Acreditamos ser falta de prudência contratar consultoria sem que tenha sido recomendadas por alguém em que você confia.

Comentários gerais

  • Proposta e contrato - uma boa maneira de avaliar provedores é pela qualidade da proposta que te enviam, especialmente na descrição do escopo dos serviços a serem prestados.
    Quanto menos detalhada, maior a chance de desentendimento.
    Se o escopo inclui termos tais como tudo (todo, toda), completo, estratégico, operacional, básico, otimizar, acompanhar, etc., pergunte o significado exato desses termos.
    Pressuponha que toda consultoria quer lhe vender mais do que você precisa ... portanto, entenda exatamente o que está (e o que não está) incluído na proposta, e se tudo oferecido é útil e necessário.
  • Competência - devido ao grande número de empresários e investidores brasileiros interessados nos EUA (e particularmente na Flórida), a tentação de se promover como "especialista" é grande: muitas consultorias prometem mais do que sabem ou conseguem entregar.
    Cuidado com provedores cujas especialidades expandem - advogados que "entendem" de planejamento, contadores que "entendem" de marketing, corretores imobiliários especialistas em legislação, etc.  Evite os que "entendem de tudo" (há muitos desses).
  • Comissão por indicações - se um provedor indica outro (de atividade diferente), pergunte se quem indica recebe comissão do indicado.  Caso sim, cuidado!  Isso pode criar conflito de interesses.

USA3

Serviços tipicamente contratados nos EUA

  • Pesquisas sobre o mercado americano - levantar segmentação, magnitude, tendências, concorrência, entidades de classe, eventos, publicação, peritos, mídias especializadas, etc. de segmentos específicos.
    A pesquisa só serve se facilitar a identificar seu público-alvo e como atingi-lo.
    Escopo mal definido trará muita informação correta mas irrelevante.
  • Serviços corporativos - abrir empresa, fazer registros e mantê-los atualizados.
    Entenda bem as diferenças entre Corporation e LLC, antes de escolher.
  • Contabilidade - fazer o lançamento de cada transação da empresa, utilizando software específico (em geral se utiliza o programa QuickBooks da Intuit).
    Existe diferença entre bookkeeping (guarda-livros) e contabilidade para fins tributários.
    Para o empresário, vale a pena entender como funciona a contabilidade americana.
    Faça seu plano de contas espelhar seu organograma (vide a página Fluxo de Caixa).
  • Tributação - preparar declarações de imposto de renda.
    Toda empresa deve fazer pelo menos duas declarações por ano, uma federal, uma no estado em que reside, e (talvez) outras em estados onde atua de forma significativa.
    O ideal é que as declarações sejam feitas ou revistas por CPA (Certified Public Accountant) que tenha experiência com clientes estrangeiros.
  • Advocacia (imigração) - até para casos simples (visto F, por exemplo), sugerimos utilizar os serviços de advogado de imigração.  Só contrate se tiver recomendação.
  • Advocacia (corporativo) - estes são caros, e poucos falam português.  Utilize para elaborar contratos importantes, resolver disputas e serviços afins.  Justiça nos EUA é muito cara.
  • Logística - transporte, armazenagem e distribuição de mercadorias.
    Na Flórida, muitas empresas são especializadas em comércio Brasil-EUA.
  • Logística / e-commerce - se seu produto pode ser vendido pela Internet, avalie a possibilidade de vender online.
    Escolha uma empresa de logística que é capaz de prestar o serviço de envio de forma integrada com seu website, controle de estoque e recebimentos.
  • Agências de publicidade - existem diversas brasileiras, algumas delas se especializam em promoção junto ao público brasileiro que reside nos EUA.
    Se você quer atingir o público americano, escolha uma agência americana, especializada no tipo de produto ou serviço que você quer vender.
  • Apoio em vendas - identificar (com alta precisão) o público-alvo que você quer atingir.
  • Corretores imobiliários - são necessários (e muito úteis) para comprar, vender ou alugar imóveis (residenciais ou comerciais).
    Só utilize corretores (PJ e PF) que tenham a designação Realtor e que aderem ao código de ética dessa entidade.