AVROS Corporation

Inglês nos EUA

Quando uma empresa brasileira atua nos Estados Unidos, uma grande parte do que ela divulga e transmite é baseado em conteúdo utilizado no Brasil.  Todavia, nem sempre esse conteúdo é adaptado adequadamente aos hábitos e expectativas de um público-alvo que sabe pouco (ou quase nada) sobre a realidade do Brasil.

Esse processo de tradução e "localização" (adaptar ao local do leitor) é importante (reduz filtragem entre o emissor e o receptor do conteúdo) mas é difícil de fazer, pois exige conhecer tanto a realidade do emissor como a do receptor.  Outra peculiaridade: poucas pessoas no Brasil dominam inglês ao ponto de saber se uma tradução "localizada" foi bem feita ou não.

  • Transcriação é um termo utilizado em marketing e significa a adaptação de um texto de um idioma para outro - mas mantendo sua intenção, estilo, tom e conteúdo.
  • Também pode ser denominada "tradução criativa", "cross-market copywriting", "adaptação internacional", "internacionalização", "localização" e "adaptação cultural".  O propósito é entender a essência da mensagem e recriá-la eo outro idioma.

USA2

Abreviações

  • Evite abreviações como I'm, don't, won't, can't.  São aceitáveis em conversas, mas é mais sutil escrever I am, do not, will not, cannot.
  • NUNCA use I'm gonna e I wanna.  Use I am going to e I want to.
  • NUNCA use abreviações brasileiras: americanos não sabem que R é Rua, que Trav é Travessa, que "no." é número, e que s/n é "sem número".

Siglas

  • Explique as siglas que você utilizar: americanos não sabem que CEP é código postal nem que DF é Distrito Federal.
  • Sempre que possível explique siglas técnicas associando-as a itens similares nos EUA.  Por exemplo, na menção de ANVISA, pode ser útil mencionar que é um órgão com funções similares ao FDA (Food and Drug Administration) americano.

Falsos cognatos

  • Um sintoma de tradução mal feita é a inclusão de falsos cognatos.
  • São palavras idênticas ou bem similares mas que têm significados diferentes em cada idioma.
  • Por exemplo, "actual" (em inglês) não é "atual" (em português); "industry" não é "indústria"; "audience" não é "audiência"; e "pretend" não é "pretender".
    Quer mais exemplos? visite http://sk.com.br/sk-fals.html.
  • Note que pode ser que os termos tenham significado igual, mas não é o mais comum.  Por exemplo, assume e assumir podem significar a mesma coisa, mas assume (em inglês) é mais utilizado como pressupor, e assumir (em português) é mais utilizado como aceitar (assumir responsabilidade).  Attitude (em inglês) é mais usado como predisposição, já atitude em português é mais utilizado como ação (tomar atitude).
  • Essas são minhas opiniões (do René), e sem dúvida há quem pense diferente.  Em casos que pode haver dúvida, recomendamos utilizar sinônimos ou explicar o sentido da palavra.

Long Beach, California


Substituir

  • Substituir X por Y, em português, quer dizer: remover X e colocar Y.
  • Substitute X for Y, em inglês, quer dizer: remover Y e colocar X.
  • Replace X with Y, em inglês, quer dizer remover X e colocar Y.

Endereços

  • Hoje em dia seu endereço só é mesmo utilizado para entregas de correspondência (pelo correio ou courier) e volumes (caixas ou itens maiores), ou no caso de visita em pessoa.
  • É provável que empresas americanas (com as quais você tem contato) queiram seu endereço para fins de cadastro, com campos prédefinidos.  Em caso de dúvida, deixe claro o que é nome da rua, o que é número, o que é cidade, sigla de estado e código postal.
  • Nos EUA se escreve:
    [número] [nome da rua], [suíte ou apartamento]
    [cidade], [sigla do estado] [código postal]
  • Exemplo:
    806 Verona Street, Suite 1
    Kissimmee, GA 34741
  • Nos EUA, o código postal é sempre precedido pela sigla do estado: se você escreve CEP 12345, um americano entende "CEP" como sendo a sigla do estado em que você está.  Para evitar mal entendidos, OU você indica em qual estado você está, OU você escreve São Paulo, SP 04123.
  • Se você tem endereço com muitas palavras e/ou acentos, pode valer a pena ter uma Caixa Postal para fins de correspondência.

Absolutos

  • Evite termos absolutos tais como como completamente, completo, tudo, todos, total, integralmente, máximo, absolutamente, etc., pois nos EUA suas afirmações serão entendidas literalmente.
  • A não ser que seja literalmente verdade, não diga "resolvemos todos seus problemas", "pesquisamos todos aspectos", "corrigimos todos defeitos".
  • Por exemplo, se você diz que "tratamos desse assunto com atenção completa", isso quer dizer que os outros assuntos você trata com atenção incompleta?

Inglês americano x inglês europeu

  • Note que, existem diferenças entre o inglês americano e o da Inglaterra.
  • Exemplos: License e organization (EUA); Licence e organisation (Inglaterra).

Fatos x Opiniões

  • Super importante deixar claro quando uma afirmação é opinião ao invés de fato.
  • Se você diz "nosso produto tem mais durabilidade que o competidor XYZ", deixe claro se isso é baseado numa comparação técnica imparcial (factual) ou é apenas uma opinião sua.